Oi oi, gente! Dessa vez trago um dorama meio...mais ou menos, Triangle. O drama foi baseado num romance chamado "Hidden", escrito e adaptado por Choi Wan Kyu, e teve um certo "hate", muita gente dizendo que ele era sem graça/sem sal, então achei melhor fazer um post sobre ele dando a minha opinião sincera (meio atrasado, mas antes tarde do que nunca).



Mas primeiramente, a ficha técnica:

Drama: Triangle
Hangul: 트라이앵글
Diretor: Yu Cheol-Yong, Choi Jung-Kyu
Escritor: Choi Wan-Kyu
Canal: MBC
Episódios: 26

História: O drama conta a história de 3 irmãos que foram separados quando eram muito novos. O pai dos meninos foi assassinado, e eles foram abandonados num orfanato pela mãe que queria recomeçar a vida do 0. Acabaram se separando por lá, quando o mais velho (Jang Dong-Soo) saiu por alguns dias, e nesse meio tempo, o mais novo (Yoon Yang-Ha/Jang Dong-Woo) acabou sendo adotado e o do meio (Heo-Young Dal/Jang Dong-Cheol) fugiu do orfanato. Anos se passaram, e o destino reúne em segredo os irmãos, trazendo consigo fantasmas do passado.

Personagens


Jang Dong-Soo (Lee Beom-Soo)
 O mais velho dos irmãos. Hoje é um detetive de Sabuk que vive procurando pelos irmãos perdidos e tentando acabar com a vida do gangster Ko Bok-Tae, que suspeita ter assassinado seu pai.


Heo-Young Dal/Jang Dong-Cheol (Kim Jaejoong do JYJ)
 O irmão do meio. Um pobre coitado que se acha um grande gangster e quer ganhar a vida jogando poker em casinos ilegais de Sabuk.


Yoon Yang-Ha/Jang Dong-Woo (Siwan do ZE;A)
 O insuportável irmão mais novo e um dos vilões. Foi adotado por um rico dono de casinos. Um rapaz um tanto peculiar com alguns probleminhas psiquiátricos.



Oh Jung-Hee (Baek Jin-Hee)
 A garota que vai ficar indecisa entre Yoon Yang-Ha e o charmosíssimo Heo-Young Dal. Mora com a avó e o irmão e trabalha como crupiê no casino ilegal e posteriormente no casino da família de Yoon Yang-Ha.

Minha humilde opinião

 Triangle não é, exatamente, um dorama que eu tenha me arrependido de ter assistido. A historia é ótima e muito bem feita, mas havia uma certa monotonia em alguns dos primeiros episódios que acabaram me desanimando a assistir. Digo para assistirem o primeiro episódio e se acabarem gostando, continuem. Os últimos episódios são maravilhosos e cheios de tensão.
 Senti falta de algumas cenas de humor também. Não que sejam necessárias, mas elas servem para dar uma descontraída. Acontece muita coisa nesse dorama, é preciso ter cabeça para acompanhar tudo.
 Além da monotonia e a falta de algumas cenas de humor, tenho outra reclamação: as atuações. Baek Jin-Hee é um tanto "mediana". Verdade que as partes sérias/sofridas/tensas/MeuDeusEuVouMorrer, ela atuou muito bem, mas nas cenas que necessitavam de um certo sentimento de carinho e amor, ela foi um tanto Park Shin-Hye. (AMIGA, VOCÊ TA BEIJANDO O JAEJOONG, BOTA UM
SORRISO NESSA CARA).
 Mas fora essas três coisas, o dorama é muito bom. Todos os personagens tem um bom aproveitamento, algumas ótimas cenas de luta. Muita, mas muita, treta.

Motivos para assistir.


Jiyeon.
 Sim, a rainha do T-ARA tem um pequeno papel no drama, Sung Woo-Jin, a filha de um dono de casinos. Um papel bem pequeno, mas que com certeza marcou um pouco (me julguem, essa quenga é minha ultimate)


         
Cenas de luta.
 Para quem gosta de ação, há muitas cenas de luta, principalmente com Jang Dong-Soo.

História bem feita.
 Tudo muito bem pensado, tudo muito bem encaixado. Os personagens secundários são maravilhosos e você se apega a eles, de alguma maneira. Madame Jang, os amigos de Heo-Young Dal, o maldito Ko Bok-Tae, entre alguns outros que aparecem

Jaejoong sem camisa.
 Fala por si só, não?



  O dorama conta com algumas OSTs ótimas e uma opening super dramática

Opening

OSTs favoritas






Um Comentário